Colégio / Histórico

A história do Colégio Cônsul Carlos Renaux iniciou em 20 de abril de 1872 quando o Pastor Heinrich Sandreczki cedeu um espaço em sua residência a fim de lecionar aulas do ensino primário para crianças e jovens filhos de imigrantes que residiam em Brusque, atribuindo-se à instituição de ensino o nome de Escola Evangélica Alemã.

Desde sua criação até os dias de hoje a escola já teve várias denominações e, em 1964 em homenagem ao Cônsul que se dedicava muito à educação e às causas brusquenses o Colégio passou a denominar-se Colégio Cônsul Carlos Renaux, nome que permanece até hoje.

Atualmente o Colégio é mantido pela Fundação Educacional Luterana e presidida pelo Sr. Marcus Schlösser. Desde 1999 o Colégio é vinculado à Rede Sinodal de Educação e, em 2013, passou a contar com o Professor Otto Hermann Grimm na direção, dando continuidade nas obras de melhoria e ampliação do colégio, otimizando cada vez mais os espaços disponibilizados aos alunos, professores e funcionários.

O Colégio conta com mais de 1150 alunos da Educação Infantil ao Ensino Médio, nos turnos matutino e vespertino, número que é crescente, em virtude do comprometimento e dedicação de toda a equipe que colabora com a missão do Cônsul de contribuir com a formação de pessoas comprometidas com valores humanos, éticos e cristãos. O Colégio Cônsul é destaque junto à comunidade brusquense, por sua excelente qualidade no ensino e aprendizado, lhe rendendo muitas conquistas em competições esportivas e de conhecimento, com destaque em classificações de ENEM e Vestibulares.